How to Navigate Cloud-Based WCM and DXP Solutions   –
Obtenha o Relatório do Gartner
Início
 / 
Blog
 / 
 / 
Transformação digital na indústria: 3 exemplos de sucesso
8 min de leitura

Transformação digital na indústria: 3 exemplos de sucesso

Digital_Transformation_Examples_in_Manufacturing (1).jpeg
Compartilhar

Nenhum setor sente o peso das mudanças de expectativas do cliente tão profundamente quanto o segmento de indústria. Como coração da cadeia de suprimentos, as empresas fabricantes devem encontrar maneiras de acompanhar um mundo que parece determinado a mudar a cada segundo.

Por sorte, as empresas do setor de indústria não precisam navegar neste cenário tentando adivinhar qual o melhor caminho. Existe um caminho melhor para o mundo moderno: a transformação digital.

A transformação digital e o setor de indústria são uma boa combinação. Como muito do trabalho do setor é baseado em big data, analytics, tecnologias digitais, as empresas fabricantes naturalmente precisam de uma maneira de reunir todas estas ferramentas. Enquanto isso, a transformação digital ganha novos formatos e significados baseados nos desafios específicos do setor industrial.

Aqui vão alguns exemplos reais de transformação digital na indústria.
 

Transformação digital na indústria moderna

Transformar o setor de indústria não é só uma boa prática, é uma necessidade.

Isso porque as empresas fabricantes, de diversas maneiras, desempenham um papel essencial na construção do futuro - não somente através da cadeia de suprimentos, mas também ao:

  • Atender as expectativas do consumidor em relação aos produtos industriais;

  • Usar novas tecnologias ou novas aplicações pioneiras de tecnologias smart, incluindo inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, além de impressão 3D;

  • Encontrar melhores formas de utilizar big data;

  • Liderar evoluções no espaço de experiência do cliente através de autoatendimento e mais.

Simplificando, a indústria e a produção são base para muito do que acontece no mundo. Portanto, faz sentido que a digitalização aconteça especialmente neste setor.

Apesar do setor industrial reconhecer sua importância no papel do comércio global, ajudar a moldar o futuro é, muitas vezes, incidental. Muito mais importante são iniciativas de transformação digital que afetam a produção diária e as operações de fábrica, entre elas, estão:

  • Capturar dados: máquinas e trabalhadores das fábricas criam dados a cada minuto de cada dia. Por isso, as fábricas devem ser capazes de capturar esses dados com precisão, eficiência e em tempo real. Isso reflete a informação sobre a sua escolha de tecnologia digital, mudanças na produção e outros elementos de transformação digital.

  • Gerenciar dados: o setor industrial é talvez um dos produtores mais importantes de big data, fazendo com que as empresas realizem análises de dados e extraiam insights em escala. Para tanto, qualquer estratégia de transformação digital neste espaço deve incluir soluções substanciais para gerenciar big data.

  • Evitar downtime: quando uma máquina quebra, os fluxos de trabalho são interrompidos e toda a cadeia produtiva pode sofrer impactos. As empresas fabricantes precisam de uma tecnologia digital e ferramentas de análise de dados que permitam a manutenção preditiva, ajudando a prever e antecipar problemas que possam causar interrupções.

  • Navegar na cadeia de suprimentos: as interrupções na cadeia de suprimentos muitas vezes estão fora do controle de uma fábrica. No entanto, quando planejada de forma correta, a transformação digital pode ajudar as empresas a navegar por esse cenário de incertezas. Ela também pode atuar como uma amortecedora ou rede de segurança, criando soluções que suavizam o impacto das interrupções da cadeia de suprimentos.

  • Oferecer opções de autoatendimento: com o objetivo de economizar tempo, simplificar os processos de produção e evitar interrupções na cadeia de suprimentos, as empresas do setor industrial precisam de um software que forneça recursos de autoatendimento para os usuários. As opções de autoatendimento ajudam a simplificar a realização de pedidos, otimizar a produção, tornar o big data mais acessível e criar valor para os stakeholders em todos os níveis.

Em resumo, as empresas do setor industrial têm necessidades que são abordadas exclusivamente pela transformação digital, e é por isso que as experiências digitais são o futuro do setor. É a próxima revolução industrial e tem tudo a ver com operações de fabricação digitalizadas.
 

MacDon: transformação digital com soluções legadas

Para entender completamente o valor da transformação digital na indústria, é necessário ver essas mudanças em cenários no mundo real. Um exemplo é a MacDon.


A empresa

Para ver uma empresa do setor industrial moldando o futuro do mundo real, basta olhar para a MacDon, uma líder mundial na produção de equipamentos de agricultura e colheita. Por mais de 70 anos, MacDon tem apoiado agricultores no cultivo de culturas fundamentais para alimentar, vestir e sustentar a comunidade global. À medida que as necessidades dos clientes aumentaram, MacDon se adaptou com uma flexibilidade impressionante. No entanto, a empresa eventualmente atingiu um teto com sua tecnologia legada.
 

O desafio

MacDon ofereceu um portal de revendedor com recursos de autoatendimento utilizando o software legado da Liferay. Apesar da plataforma ter sido um dia robusta o suficiente para atender as necessidades da empresa, novos desafios de supply chain e o aumento das expectativas dos clientes levaram a MacDon a reconhecer seus pontos de melhoria.

Por exemplo, os altos padrões da MacDon em relação a user experience não estavam sendo atendidos com sua tecnologia existente. O visual do site estava visivelmente desatualizado e usuários de smartphone encontravam problemas ao acessar a plataforma. Além disso, a quantidade de dados criados pela empresa não estava sendo gerida de forma eficiente, fazendo com que os usuários da plataforma desperdiçassem tempo e esforço com tarefas de gestão de documentos.
 

A solução

A MacDon sabia que estava na hora de iniciar sua jornada de transformação digital. No entanto, seu sistema legado exigia navegação e adaptação cuidadosas, uma necessidade frequente em ambientes do segmento industrial. 

Com a ajuda de um parceiro Liferay, a MacDon conseguiu atualizar sua plataforma sem ter que começar do zero. Ao migrar o big data dos sistemas legados e aproveitar o framework já existente, a jornada de transformação digital conseguiu solucionar desafios significativos, ao mesmo tempo que criou novas funcionalidades para os usuários.

No portal do revendedor atualizado, os usuários podem recuperar informações de faturas, verificar o inventário de produção, criar listas de compras, enviar solicitações de garantia e realizar tarefas importantes através do autoatendimento. Igualmente relevante, o big data da empresa agora é muito mais fácil de navegar e controlar, permitindo uma conclusão eficiente das operações de gerenciamento de documentos.
 

Os resultados

O novo portal da MacDon é um verdadeiro atestado do poder da transformação digital. É moderno e fácil de usar, e também entrega resultados significativos, como:

  • Aumento de 20% nas vendas;

  • Aumento de 50% nas transações de e-commerce;

  • Dobro do número de visitas no site;

  • Redução de ligações, fax e pedidos feitos de forma pessoal.

 

Mueller, Inc: transformação digital com funcionalidades de autoatendimento

Outro exemplo de transformação digital na indústria é a Mueller, Inc.
 

A empresa

A Mueller, Inc. tem uma reputação impressionante enquanto produtora e fornecedora de aço para construções, coberturas metálicas e outros componentes. Há mais de 85 anos, a empresa fornece produtos, serviços e materiais necessários para trabalhar e viver no sudoeste americano.

À medida que a organização navegava por mudanças ao lado de seus clientes, ela rapidamente percebeu que sua abordagem digital já não era mais viável. A Mueller sabia que seus usuários mereciam mais - e seus stakeholders internos também.

 

O desafio

Antes de passar por uma transformação digital, a Mueller dependia de um CMS open-source. Infelizmente, esse sistema não apoiava seus aplicativos web desenvolvidos de forma customizada, oferecia poucas opções de autoatendimento e entregava uma experiência de compra bastante limitada.

Por exemplo, a plataforma ultrapassada mostrava uma cópia digital estática do seu catálogo de produtos, não oferecendo personalização nem atraindo clientes com base em suas necessidades específicas. O sistema também falhava em entregar clareza sobre a posição do usuário na jornada de compra, limitando as opções da Mueller para apoiar e estruturar processos de compra. E talvez o desafio mais significativo: a plataforma não tinha recursos completos, o que forçava os clientes a visitarem uma filial da empresa para concluir suas compras.
 

A solução

A Mueller sabia que deveria existir uma melhor maneira de otimizar tudo isso - e a transformação digital era a chave.

A empresa começou a trabalhar com um parceiro Liferay para integrar e migrar os aplicativos web customizados para um portal Liferay. O resultado foi uma plataforma única e poderosa que hospedava todas as ferramentas de desenvolvimento, big data, analytics e mais.

Hoje, os clientes podem completar todos os passos dos processos de compra através do portal. Com o construtor de modelos 3D da Mueller, que também cria uma cotação de forma automática, os usuários podem focar e visualizar suas ideias. Além disso, solicitações específicas podem ser direcionadas diretamente para a equipe Mueller responsável pelo tema, enquanto outras tarefas podem ser feitas através de soluções de autoatendimento, melhorando, de forma ampla, a experiência de compra digital para os clientes.
 

Os resultados

Graças ao novo portal, a Mueller agora tem a tecnologia necessária para continuar moldando o futuro das construtoras, trabalhadores e empresas no sudoeste americano. As mudanças observadas foram várias, como:

  • Aumento de 73% nas cotações por mês, com alguns meses chegando a 163%;

  • Aumento de 150% no tráfego do site;

  • O processo de vendas se tornou mais curto e simples graças às ferramentas de autoatendimento;

  • O engajamento do usuário é facilmente acompanhado através de listas de compras, solicitações de catálogos digitais e mais.

 

Airbus: transformação digital apoiada por uma base de conhecimento

Um exemplo final de transformação digital na indústria pode ser encontrado no caso da Airbus.
 

A empresa

A Airbus é líder mundial em serviços e produtos aeronáuticos e aeroespaciais. Assim como a agricultura e a construção, este setor representa uma oportunidade significativa para fabricantes moldarem o futuro, criando uma base perfeita para apoiar as vastas possibilidades associadas a viagens aeroespaciais.

No entanto, essa indústria também se movimenta de forma bastante rápida e tem demandas, desafios e expectativas sem igual quando comparada a outros negócios. Isso significa que a Airbus deve consistentemente melhorar suas ofertas para manter-se competitiva. Para navegar por toda a tecnologia digital, data analytics, e ferramentas de machine learning envolvidas em seu trabalho, a Airbus precisou de uma solução de transformação digital que pudesse acompanhar seu ritmo de mudanças.
 

O desafio

Apesar da Airbus saber do que precisava, encontrar a solução que se encaixasse nas suas necessidades enquanto fabricante foi um grande desafio.

A empresa sentiu que sua abordagem não era user-centric, sacrificando a experiência digital de uma maneira que simplesmente não trazia um ROI (retorno sobre o investimento) positivo. A Airbus também tinha aproximadamente 15 ferramentas de Gerenciamento de Serviços de TI espalhadas por diversos sistemas, o que limitava sua capacidade de gerenciar big data, realizar análises de dados e abordar as necessidades de TI. Uma das principais dores, no entanto, era o fato de o Service Desk ser constantemente posto à resolução de problemas e gestão de incidentes porque o sistema não tinha fácil navegação, o que gerava frustração para os usuários e desperdiçava tempo de profissionais de TI.
 

A solução

Como a Airbus decidiu colocar os usuários no coração da sua transformação digital, o próximo passo foi utilizar uma tecnologia de código aberto. Isso permitiu que a empresa do setor industrial consolidasse suas 15 ferramentas de Gerenciamento de Serviços de TI em uma só plataforma user-friendly. Apesar de uma das prioridades ter sido tornar os usuários menos dependentes do Service Desk, a Airbus estava mais interessada em criar uma experiência digital compartilhada com opções de autoatendimento simplificadas em cada etapa.

Essa visão ganhou vida na forma de múltiplas novas funcionalidades, todas construídas sob medida para aproveitar a posição única da Airbus no setor de indústria. Um dessas funcionalidades é a sua sólida base de conhecimento, que permite aos usuários desempenhar buscas de palavras-chave ao longo de uma vasta biblioteca de conteúdo da Airbus. Graças a essa base de conhecimento, os usuários podem encontrar respostas para suas próprias perguntas, simplificando sua experiência digital.
 

Os resultados

A nova plataforma da Airbus trouxe uma série de resultados positivos. Aqui vão alguns deles:

  • Em 10 meses, a empresa teve 190.000 visitas e 2.200.000 visualizações de páginas;

  • Os resultados atingiram o pico de 18.00 visualizações de página por dia;

  • O Service Desk agora gerencia 30% menos incidentes porque o portal ajuda a mitigar e gerir problemas;

  • Incidentes são resolvidos mais rápido;

  • Custos são controlados de maneira mais simples;

  • O portal inspirou o desenvolvimento de um app para smartphone, que oferece as mesmas funcionalidades e serviços personalizados.
     

Inicie sua transformação digital com Liferay

A transformação digital é um tópico importante para todos os tipos de organizações, mas ela é especialmente importante e particularmente bem utilizada no setor industrial. As empresas do setor de indústria como MacDon, Mueller e Airbus provam que uma variedade de pontos de melhoria e desafios podem ser superados com a combinação certa de tecnologias digitais.

Talvez ainda mais importante, essas fábricas atuam como um exemplo de como a transformação digital pode ser adaptada de acordo com as necessidades, objetivos e prioridades de cada empresa. Como líderes na produção e atores importantes na criação do futuro, essas organizações provam que, apesar de não existir um caminho certo para iniciar a sua jornada de transformação digital, você verá os resultados se tomar o primeiro passo.

Na Liferay, sabemos que o primeiro passo pode ser intimidador. E também sabemos que as empresas do setor industrial têm requisitos especialmente complicados, desde manutenção preditiva e análise de dados à prevenção do tempo de inatividade e navegação na cadeia de suprimentos. Cada vez mais, desafios como automação de processo de negócio complexos e personalização da experiência do cliente estão se tornando fatores de sucesso. É por isso que nossa plataforma é altamente customizável, permitindo que as empresas do setor industrial construam sua transformação digital ao redor de metas concretas e atingíveis.

Sua empresa está pronta para iniciar a transformação digital? Explore nossa plataforma de experiência digital para ver como ajudamos o setor industrial.

Publicado originalmente
27 de Setembro de 2022
Última atualização
28 de Setembro de 2022
Tópicos:
Quer receber mais informações e novidades sobre experiências digitais?

Conteúdo relacionado

supply_chain_digital _transformation (1).jpg
Digitalização da cadeia de suprimentos: o que você precisa saber
O que é, por que fazer e como fazer a digitalização da cadeia de suprimentos. Confira no artigo.
6 min de leitura
24 de Outubro de 2022
Self-Service in Manufacturing.jpg
3 Exemplos Reais de Autoatendimento para Indústrias
2 min de leitura
17 de Dezembro de 2021
Why CX Transformation Should Happen on Liferay DXP (1).jpg
Por que a transformação da experiência do cliente deve acontecer com o Liferay DXP
Como as empresas podem realizar uma transformação da experiência do cliente com sucesso? Simples: através de uma plataforma de experiência digital como a da Liferay.
4 min de leitura
21 de Julho de 2022

Quer receber mais informações e novidades sobre experiências digitais?