Imagina que você está nos períodos finais da sua graduação. Todo mundo só fala em TV Digital [ou qualquer tecnologia no hype] como o futuro da tecnologia. É o buzz do momento. Você estuda bastante sobre o tema, passa numa prova e consegue uma oportunidade de estágio em uma grande empresa de referência para trabalhar justamente com isso. Você aceitaria, não é? 

Agora imagina que, alguns dias antes de você começar a estagiar, você recebe uma ligação de um amigo te oferecendo outra oportunidade de estágio em uma empresa que está começando agora no mercado e nada tem a ver com TV Digital. Você pensa um pouco e resolve ir conhecer essa empresa e conversar com a gestão. Chegando lá, eles te dizem “cara, TV Digital não vai dar certo. Tudo vai ser na internet no futuro. Não perde a oportunidade que a gente tá te oferecendo”.  

E aí, o que você faz? Segue com o estágio em TV Digital ou dá uma chance para esse novo estágio nesta empresa desconhecida? 

Bruno Pinheiro se deparou com essa situação em 2010 e resolveu assumir o risco, dando o primeiro passo em sua jornada na Liferay que está completando 11 anos. Nós conversamos com ele para saber mais sobre sua jornada de desenvolvimento junto com a Liferay.

Tudo começou pelo estágio

Um dos principais motivadores para que ele agarrasse a oportunidade da Liferay foram as pessoas que conheceu, ainda no processo seletivo. “Era uma galera massa! Devo ter me queimado com a primeira empresa que recusei, mas tenho certeza que foi a melhor decisão que tomei na minha vida. Foi o primeiro momento que a Liferay me salvou. Hoje a TV Digital nem existe mais”, conta. 

Bruno entrou na Liferay como estagiário da área de Suporte (hoje nosso time de Subscription Services), mas tinha uma vontade enorme de contribuir com a empresa além da sua área. Como nosso staff era de apenas oito pessoas na época, todo mundo fazia um pouco de tudo, então ele teve oportunidade de trabalhar ajudando outros times técnicos e não técnicos.

“Foi sensacional conhecer a realidade de outros times. É importante conhecer como a Engenharia produz nosso produto, quais são os SLA's do time de Suporte, o que um General Manager faz, como é feito o pagamento de salários, legislação trabalhista, enfim. Hoje em dia esses conhecimentos me ajudam muito a fazer o que eu faço”, conta.

Durante seus dois anos de estágio, Bruninho - como é mais conhecido pelo time - percebeu que o ambiente de trabalho na Liferay não tem barreiras hierárquicas. Ele teve a oportunidade de visitar nossa matriz nos Estados Unidos e ainda se aproximar dos nossos fundadores, vivenciando na prática um de nossos valores, Grow and Get Better (ou, Crescer e Prosperar em português). “Todo mundo tá ali pra se ajudar. Queremos que todo mundo cresça. Vai ser bom pra você e bom pra empresa”, lembra.

Um dos pontos mais importantes da sua trajetória como estagiário foi a autonomia que ganhou, desde o início, para realizar suas atividades. Isso o ajudou a criar responsabilidade sobre suas entregas. “Ou eu fazia ou não teria quem fizesse. Tinha apoio da gestão, claro. Se der errado a gente ajuda, refaz”.

Oportunidades durante sua jornada

Os anos foram se passando e Bruninho foi conquistando seu espaço no time. Ainda como estagiário, passou três meses estagiando no escritório da Espanha, no time de Suporte, e ainda aprendendo o idioma local. Seu curso de espanhol fez parte de um dos nossos incentivos para educação. Essa experiência foi um divisor de águas na carreira dele. 

Quando voltou ao Brasil, pelo seu nível no idioma, foi convidado a assumir desafios em outras áreas. Começou a ajudar em qualquer coisa que precisasse do espanhol. Como estávamos expandindo nossos negócios para países da América Latina, foi um passo essencial para seu crescimento na Liferay.

Ao fim do estágio, foi efetivado na equipe de Treinamento, em nosso time de Consultoria, tendo contato direto com nossos clientes, principalmente da América Latina. Conseguindo assim unir algumas paixões de Bruninho, lecionar e viajar.

Nesse período, teve oportunidade de conhecer lugares incríveis, que nunca imaginou conhecer como Venezuela, El Salvador, Panamá e Cabo Verde. Todos através dos treinamentos para clientes. Foram experiências enriquecedoras e inesquecíveis, conforme conta. 

“Todo lugar que você vai, você conhece uma coisa nova. Eu aproveitava o processo de treinamento e durante o tempo livre, procurava conhecer algo sobre o país. Conheci o canal do Panamá,fui a alguns vilarejos de El Salvador. Cabo Verde também foi incrível! Foi uma coisa que mudou a minha vida”, lembra.


 

BrunoRay

Você já deve ter ouvido falar no Ray, nosso mascote, um alienígena muito simpático que aparece em nossos eventos e pelos escritórios. O que você não sabe é que Bruninho foi por muito tempo o nosso Ray oficial. 

No pós-evento de uma de nossas primeiras conferências no Brasil, Bruninho resolveu vestir a fantasia do Ray e interagir com os clientes e parceiros. Foi um sucesso! Naquele momento o Ray ganhou vida, passou a aparecer oficialmente nos eventos da Liferay e ganhou fama global. Nosso Ray chegou a ser entrevistado por nosso CEO, Bryan Cheung, em um evento interno global, andou pelas ruas de São Paulo chamando atenção e até ensinou Brian Chan, um de nossos fundadores, a dançar capoeira!

Mudança de rota

Na equipe de Treinamento, Bruninho foi crescendo, deixando de ser uma euquipe e foi montando um time. Se tornou gerente de Treinamento na América Latina e trabalhou em grandes projetos como o Liferay University até 2018 quando nossos treinamentos passaram a ser, em sua maioria, virtuais.


 

Nesse momento, Bruninho brinca que se sentia como um barco sem gasolina, precisando de um novo desafio para trabalhar. Seu presente de Natal daquele ano foi uma oportunidade no Liferay Cloud, nossa divisão encarregada de expandir os negócios em nuvem da Liferay em todo o mundo, ajudando a gerar conteúdo e trabalhando muito próximo aos clientes. Hoje, Bruno atua como Business Solution Manager Americas no Liferay Cloud. “É como se eu tivesse voltado para a Liferay de 2010. O ritmo é bem acelerado, todo mundo se ajudando, fazendo tudo. Era o gás que eu precisava!”, conta.

Completando 11 anos de casa em 2021, Bruninho segue com o brilho nos olhos de quem ama o que faz. Buscando produzir por excelência, sendo exemplo, respeitando a todos, apoiando quem trabalha com ele e nunca perdendo sua essência, ele segue fazendo a nossa história <3

“Descrever a Liferay em uma palavra é difícil, mas em algumas: família, trabalho e oportunidade. Foi onde eu tive várias oportunidades e pude enxergá-las. A Liferay dá oportunidade, aproveite-as. Se você estiver ligado e disposto a aceitar novos desafios, você provavelmente vai dar certo. Todas as portas na Liferay já estão abertas, cabe a gente ir lá e se dedicar, ter o senso de ownership e realmente caminhar de mãos dadas com o time”.

Venha para a Liferay!

Você também pode nos ajudar a construir nossa história! Temos diversas oportunidades abertas para você dar o próximo passo na sua carreira e crescer e prosperar com a gente!

Conheças as vagas abertas 
Comentários