Join Liferay Vision 2022 on October 6 | 
Register for free here!
Home
 / 
Blog
 / 
 / 
PaaS: tudo que você precisa saber
6 Min Read

PaaS: Tudo que você precisa saber sobre o tema

O que é PaaS, o que a diferencia e como funciona dentro das organizações? Tudo que você precisa saber sobre o tema.
paas what you need to know.jpg
Share

Quando se trata de escolher soluções de aplicativos para sua empresa, você não pode apostar em algo que vá decepcionar você, seus colaboradores ou seus clientes.

No entanto, com tantas soluções e softwares disponíveis no mercado, pode ser difícil saber por onde começar a sua pesquisa. Por isso, compilamos as principais informações sobre Platform as a Service (PaaS) para ajudar você a entender o que é, como se diferencia de outras soluções e por que é uma boa opção para a base da sua estratégia digital.


O que é PaaS?

Platform as a Service (PaaS) é um modelo de cloud computing no qual software, apps e outras ferramentas são entregues digitalmente como parte de uma plataforma coesa. Esses recursos podem transformar equipes em pessoas desenvolvedoras de aplicações, permitindo que você impulsione sua capacidade de design interno para além de apps básicos.


O que uma solução PaaS faz?

Uma solução PaaS oferece diversos recursos e funcionalidades dependendo das suas necessidades. No entanto, sua função mais importante é apoiar o trabalho de desenvolvimento e implementação de aplicações. Por exemplo, você pode usar esse tipo de plataforma para:

  • Projetar, testar e implementar aplicações;

  • Comunicar-se com equipes de desenvolvimento interno em vários locais;

  • Oferecer aplicações que melhoram a experiência do cliente;

  • Criar aplicações de autoatendimento para empoderar usuários finais e reduzir custos com atendimento


Onde as ferramentas PaaS estão?

Diferente das soluções on-premise, uma PaaS não depende exclusivamente de fios, hardwares e outros componentes físicos. Em vez disso, a plataforma PaaS é um serviço em nuvem. Todos os seus dados, software, ferramentas de desenvolvimento e informações de aplicativos existem digitalmente e podem ser acessados de forma remota.


Os usuários hospedam sua própria plataforma PaaS?

Uma PaaS é hospedada por um provedor de serviços de plataforma ou fornecedor de PaaS que atua como seu parceiro na elaboração do projeto e na utilização da plataforma. Esse fornecedor gerencia e executa o software em sua infraestrutura interna, o que significa que suas equipes economizam tempo, dinheiro e energia necessários para instalar o hardware e o software internamente. Como resultado, se tem uma base para o desenvolvimento mais simples e eficiente de aplicações na nuvem.


Quais as vantagens de uma PaaS em comparação com soluções internas?

Apesar das soluções on-site terem sido o padrão por muito tempo, a digitalização e o aumento das expectativas dos clientes trouxeram à tona as verdadeiras limitações dessa abordagem. Ferramentas PaaS oferecem cloud computing como uma alternativa, eliminando os riscos e custos inerentes associados a uma infraestrutura totalmente física para projetar aplicativos. No lugar dessas armadilhas, uma solução PaaS apresenta uma série de vantagens:

  • Flexibilidade: Cloud computing permite que você reorganize ou reestruture suas aplicações da forma que quiser, com a flexibilidade necessária para se atualizar dentro de um ecossistema que muda rapidamente. Diferente das soluções locais, a plataforma PaaS possibilita a alteração de estratégias e até mesmo atualizações da oferta de aplicações sem tempo significativo de inatividade.

  • Confiabilidade: Um hardware on-site é vulnerável a diversos tipos de perigos - desde roubos e danos acidentais à destruição causada por desastres naturais. Os aplicativos em nuvem, por outro lado, podem ser protegidos digitalmente e não estão sujeitos aos mesmos riscos que um hardware físico.

  • Acessibilidade: Acessar dados pode ser complicado ou até mesmo impossível quando ferramentas on-site geram limitações ou restrições locais. Com uma solução PaaS, seus dados e aplicações permanecem na nuvem, o que significa que tarefas críticas podem ser feitas a partir de qualquer local com acesso à internet.

  • Economia de custos: Componentes físicos precisam de manutenção, reparos e cuidados constantes para operar sem dificuldades. Uma ferramenta PaaS diminui esses custos e entrega soluções digitais sem a necessidade de atualizações dispendiosas para seu hardware ou software, permitindo que você possa gerenciar as aplicações em dispositivos menos custosos.

Note que, apesar de reduzir significativamente a necessidade de hardwares on-premise, uma solução PaaS não substitui completamente sua infraestrutura de TI. Em vez disso, ela ajuda você a aproveitar sua infraestrutura existente para utilizar a plataforma hospedada pelo provedor de serviços.


Os diferentes tipos de PaaS

Existem três principais tipos de PaaS: pública, privada e híbrida. Esses tipos são definidos pelo seu design e pela maneira como podem ser utilizados.

Confira a definição de cada tipo de PaaS:

  • PaaS pública: O tipo de PaaS pública leva o nome da nuvem pública, comumente utilizada. Essa solução permite que pessoas usuárias se concentrem em sua função como pessoas desenvolvedoras, realizando testes e implementações enquanto o provedor PaaS gerencia servidores, sistemas operacionais e outros elementos da infraestrutura. Exemplos de PaaS pública incluem Salesforce Heroku e Microsoft Azure.

  • PaaS privada: Uma solução de PaaS privada, por outro lado, é utilizada numa nuvem privada. Ela oferece maior controle sobre qual provedor de nuvem é utilizado e como a infraestrutura é gerenciada. No entanto, isso aumenta o trabalho de TI, já que especialistas internos são geralmente os responsáveis pelos firewall e outros elementos locais da infraestrutura. Exemplos populares de PaaS privadas incluem Apprenda e Red Hat OpenShift.

  • PaaS híbrida: Se nem as soluções de PaaS públicas nem as privadas se encaixam perfeitamente para a sua empresa, a terceira opção pode ser a mais adequada: PaaS híbrida. Uma combinação de cloud computing pública e privada, a solução de PaaS híbrida mantém a flexibilidade e a simplicidade da nuvem privada e, ao mesmo tempo, oferece o controle e a visibilidade granular da versão privada. Um exemplo de PaaS híbrida é a parceria entre Google Cloud Platform e Nutanix, que utiliza tanto elementos públicos como privados. 


PaaS Vs. IaaS Vs. SaaS

Apesar da opção PaaS ser uma oferta especializada e ter uma longa lista de benefícios para empresas como a sua, a relação próxima com outros modelos de serviço podem gerar confusão. Confira qual a diferença do modelo PaaS para os demais modelos:


PaaS Vs IaaS

Infrastructure as a Service, ou IaaS, é uma solução de cloud computing cujo fornecedor hospeda elementos chave da sua infraestrutura, incluindo:

  • Redes;

  • Armazenamento de dados;

  • Servidores;

  • Aplicações web;

  • Aplicações em nuvem.

Alguns exemplos de IaaS são Cisco Metacloud, Rackspace e Linode. 

Perceba que PaaS e IaaS são bem próximos, já que infrastructure as a service é uma parte integral das ofertas PaaS. No entanto, apesar da IaaS ser uma solução mais simples de autoatendimento focada apenas em oferecer acesso a esses elementos de TI, um fornecedor PaaS tem um papel ativo em ajudar a escalar e gerenciar as ferramentas da plataforma.


PaaS Vs SaaS

Software as a Service, ou SaaS, é outro modelo. Alguns exemplos são Dropbox e Hubspot.

A diferença entre SaaS e PaaS está na distribuição de responsabilidades. Enquanto PaaS colocar seus usuários no controle do desenvolvimento de aplicativos, entregando a plataforma e o serviço de nuvem como a base para a criação interna, o Software as a Service (SaaS) coloca todas essas responsabilidades nas mãos de um fornecedor de serviço. Isso significa que as empresas que utilizam SaaS não projetam, testam, implementam ou gerenciam seus próprios aplicativos. Em vez disso, elas acessam apps prontos, criados e hospedados por terceiros.


Mais detalhes sobre PaaS, IaaS e SaaS

Após identificar as diferenças das ofertas as-a-service, é importante dar o próximo passo: analisar onde a solução PaaS se encontra em relação a esses modelos.

De maneira geral, PaaS é o meio termo. Essa plataforma oferece o suporte de infraestrutura subjacente do modelo IaaS sem a terceirização completa exigida pela solução SaaS. Isso permite que sua equipe de desenvolvimento terceirize redes, servidores e outros elementos-chave do desenvolvimento de aplicações ou software sem abrir mão do controle do processo geral.

Em suma:

  • IaaS oferece suporte para infraestrutura mas não oferece o framework para desenvolvimento e implementação de aplicativos;

  • Ofertas PaaS incluem ferramentas de infraestrutura e desenvolvimento, criando um framework sólido sem tirar das suas mãos as decisões importantes;

  • SaaS é a solução adequada para aqueles que não querem desenvolver seu próprio software, permitindo que os usuários escolham aplicativos prontos em vez de desenvolvê-los.

Em outras palavras, a oferta PaaS oferece um equilíbrio entre suporte e flexibilidade - um diferencial importante no mundo as-a-service.


Quem supervisiona uma solução PaaS?

Como uma oferta PaaS é inerentemente uma parceria e não uma ferramenta de autoatendimento, é necessário determinar antecipadamente quem ficará responsável pela plataforma. 


Responsabilidades de um fornecedor PaaS

Enquanto "responsável" pela infraestrutura PaaS,  o fornecedor e PaaS tem certas tarefas. Algumas delas são:

  • Construir e implementar ofertas de software dentro da solução PaaS;

  • Garantir uma entrega confiável do serviço;

  • Ajudar empresas a escalarem as ferramentas da plataforma para atender a necessidades específicas;

  • Manter o software PaaS;

  • Oferecer serviços alinhados com as expectativas acordadas;

  • Resolver problemas e abordar questões técnicas.


Responsabilidades da pessoa usuária

Enquanto pessoas usuárias da plataforma PaaS, existem responsabilidades próprias. No entanto, elas são todas previstas no conceito da parceria: suas aplicações estão construídas no framework de terceiros. Por isso, você tem menos responsabilidades sobre a infraestrutura e o foco está no projeto e na implementação de seus apps. Isso posto, stakeholders internos se envolvem na supervisão da solução PaaS:

  • CIOs podem liderar a implementação da solução PaaS, atuando como o principal elo entre a sua empresa e o fornecedor PaaS;

  • As pessoas desenvolvedoras, como são as principais pessoas usuárias da solução, muitas vezes têm voz na seleção e na implementação;

  • Pessoas administradoras de TI normalmente são responsáveis por integrar o software PaaS com a infraestrutura existente, além de gerenciar tudo que não for coberto pelo fornecedor PaaS;

  • Especialistas em atendimento ao cliente também podem ter algum envolvimento na utilização da solução PaaS, já que sua experiência pode ajudar a criar aplicativos voltados para clientes que moldam e apoiam a customer experience.


Responsabilidades de clientes

Apesar do fornecedor de PaaS oferecer as ferramentas e o software que você usa para desenvolver e implementar os aplicativos na nuvem, a verdadeira pessoa usuária final que irá desenvolver aplicativos voltados para clientes é seu público. Dependendo de como seu aplicativo foi projetado, clientes podem ter tarefas menores, por exemplo, instalar um software de suporte ou manter contas, mas não são responsáveis por nenhuma tarefa de hospedagem, manutenção ou atualização.


Explore as opções as-a-service

Você está buscando por uma alternativa para ferramentas locais para pessoas desenvolvedoras? A solução PaaS é uma maneira muito mais eficaz de projetar, construir, implementar e gerenciar os aplicativos da sua empresa - além de ser acessível, confiável e flexível devido às suas raízes na computação em nuvem.

Na Liferay, acreditamos que a experiência do cliente está no centro de tudo que fazemos enquanto empresa. Para nós, isso significa apoiar você com as ferramentas e os softwares necessários para criar aplicativos ricos e eficientes. Para você, significa escolher a opção as-a-service certa para atender clientes. A partir de nossas soluções baseadas na nuvem e ofertas amplas de plataforma, podemos fazer parte da sua equipe, ajudando você a oferecer as experiências incríveis que sua audiência merece.

Explore a nossa plataforma para ver o podemos fazer pela sua empresa.

Originally published
September 8, 2022
 last updated
September 13, 2022
Topics:
Want more Digital Experience Insights and news?

Related Content

Saas Paas Blog (3).jpg
Qual é a diferença entre SaaS e PaaS?
Saas? Pass? O que significam essas siglas na prática?
4 Min Read
January 27, 2022
e6ee9a18-6897-4f01-8d4b-4d8e68976102
Liferay DXP Cloud: Quebrando Barreiras de Tempo e Limitações de Projeto
Por que operar na nuvem pode otimizar sua plataforma de experiência digital
2 Min Read
April 26, 2019
01e477c0-3457-418c-a507-6808775f3de4
Três Obstáculos na Implementação de Plataformas Móveis e Como Superá-los
Plataformas móveis de sucesso. Solucione os problemas de desenvolvimento.
4 Min Read
August 15, 2018

Want more Digital Experience Insights and news?